Águas-vivas gigantes viram comida no Japão

by

Ekura-chan Saku Saku, feito com água-viva

As águas -vivas gigantes que invadem o Mar do Japão todos os anos e atrapalham a renda dos pescadores japoneses agora ganharam  destinos bastante deliciosos, como pratos japoneses e biscoitos, que passaram a incrementar em suas receitas parte dessas criaturas marinhas, antes destruídas e desprezadas comercialmente.

Devido ao grande número de águas-vivas que ultrapassam os 2m de diâmetro e 200 quilos, os japoneses estudaram formas de aproveitar as carcaças e assim diminuir os prejuízos na pescaria, já que muitos pescadores perdem vários quilos de mercadoria quando os tentáculos do animal atingem os peixes. A Câmara de Comércio e Indústria de Sasebo, em Kyushu, perguntou aos moradores como utilizar a água-viva na cozinha, e vários deles tiveram ideias que foram incorporadas pelas indústrias alimentícias locais.

Na região de Fukui, a água-viva chamada de Echizen Kurage foi estudada até o desenvolvimento de um processo que permite o aproveitamento de sua carcaça, composta em grande parte por água. Hoje, transformada em condimentos próprio para fins culinários, a água-viva é componente de geleias, bentôs (marmitas japonesas) e doces, além de ser o principal ingrediente do biscoito Ekura-chan Saku Saku, vendido em caixinhas com 10 unidades pelo preço de 580 ienes.

Fonte: Asahi e Weird Asia News

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: