Museu japonês sobre John Lennon fecha as portas

by

Devido a um contrato expirado com a viúva Yoko Ono, o primeiro museu do mundo autorizado a expor objetos pessoais de John Lennon fechou as portas neste dia 30 de setembro. No museu, localizado na cidade de Saitama, estavam cerca de 130 itens, entre roupas, instrumentos musicais e manuscritos do roqueiro, assassinado no dia 8 de dezembro de 1980 por Mark David Chapman.

O museu japonês foi aberto no dia 9 de outubro de 2000 por ocasião da comemoração dos 60 anos do nascimento do roqueiro, e desde então havia recebido um público de mais de 600 mil pessoas. Nos últimos anos, porém, a visitação anual ficava em torno de 30 mil pessoas.  No último dia de visitação, cerca de 100 fãs apareceram no local.

Yoko Ono havia explicado em fevereiro o desejo de fechar o local. Segundo ela, um lugar sem movimento – no caso, o museu –  transforma-se em um túmulo, e Lennon, que não está sepultado em lugar algum, só poderá continuar vivo porque seu espírito continua se movendo pelo mundo.

Fontes: Ria Novosti e Usa Today

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: