Posts Tagged ‘Mixi’

Zynga lança versão especial do jogo Farmville para usuários do Mixi

03/12/2010

A desenvolvedora de jogos online  Zynga lançou uma versão especial do Farmville para os usuários do Mixi, a maior rede social no Japão. Anteriormente jogado apenas pelos usuários do Facebook, o game social virou um aplicativo para ser jogado em celulares, e assim como na maior rede social do planeta, os interessados não precisam pagar para entrar no ambiente do jogo. No arquipélago, o jogo até mudou de nome – no lugar do Farmville, o game é chamado de Farmvillage.

A Zynga recebeu neste ano um investimento de cerca de 150 milhões de dólares da japonesa Softbank. A parceria entre as duas empresas está voltada para criação e divulgação de games sociais no Japão, sendo que o Farmvillage é o primeiro produto dessa união.

Fonte: Akihabara News

Anúncios

Usuários podem vincular conta do Mixi ao Facebook

01/11/2010

Usuários do Mixi e do Facebook agora poderão integrar seus perfis em ambas as redes sociais, segundo o site Vator News. A integração tornou-se possível há pelo menos um mês atrás, quando o site de relacionamentos japonês permitiu que os usuários pudessem compartilhar informações com outros serviços de internet. O Facebook, por sua vez, desenvolveu um aplicativo voltado especialmente para conectar perfis do site com o da rede japonesa, sem a colaboração direta desta.

O Mixi é a rede social de maior alcance dentro do arquipélago, e já possibilitava a integração com o serviço de microblogging do Twitter, que também é amplamente utilizado pelos japoneses. A sincronia entre contas do Mixi e do Facebook poderá aumentar a inserção da rede social americana no Japão.

O Mixi possui cerca de 21 milhões de usuários cadastrados. O Facebook no Japão conta, por enquanto, com quase 1,4 milhão de usuários.

Rede social Mixi não requer mais convite para novos usuários

02/03/2010

Com a concorrência de redes sociais como o Facebook, o Myspace e o Twitter, a rede social Mixi, presente apenas no Japão e que agrega mais de 25 milhões de perfis, está menos “rígida” quanto à entrada de novos usuários. Anteriormente, era necessário receber o convite de alguém que possuía um perfil na rede e ter uma conta de e-mail vinculado a um telefone celular, exigências que poucos estrangeiros preenchiam.

Com a abertura, o convite não é mais necessário, mas a exigência da conta de e-mail ainda está em vigor, e a preferência para a entrada na rede social  é para japoneses e pessoas residentes no arquipélago.

Para incrementar ainda mais os serviços do Mixi, foram desenvolvidos aplicativos para iPhone e serviços de microblogging semelhantes ao Twitter, que no Japão possui uma variedade maior de recursos.

Fonte: Tofugu e Nihongo Up

Acusado de matar inglesa vira ídolo entre japoneses

28/01/2010

De acordo com o Daily Mail, Tatsuya Ichihashi, acusado de estuprar e matar a inglesa Lindsay Ann Hawker, virou ídolo e objeto de fantasia entre alguns japoneses, que criaram comunidades no Mixi e tópicos no 2Channel  para expor sua admiração pelo sujeito.

Chamado pelos fãs por apelidos como Ichi-sama e Tobo Ouji (príncipe fugitivo), Ichihashi ficou muito popular entre as mulheres após seu rosto ser estampado em cartazes de procura. Algumas moças postaram em fóruns admitindo ter fantasias sexuais com o acusado, enquanto outras se solidarizam e rezam por ele. O fato de Ichihashi ter ficado triste pela morte do cão de sua família reforçou a mobilização das fãs, que chegam a lotar de cartas a delegacia em Gyotoku, onde ele ficará preso até receber sua pena.

Ichihashi foi preso em novembro do ano passado em Osaka, mais de dois anos após o assassinato de Hawker, e seu rosto apresentava feições diferentes, provavelmente resultantes de várias plásticas feitas.

Para tristeza de muitas fãs do acusado, a pena máxima no Japão para crimes brutais é a morte.

Fonte: Daily Mail

Site de relacionamentos japonês quer aumentar o número de usuários

07/09/2009

O site de relacionamentos japonês Mixi, gerenciado pela empresa Mixi Inc., planeja aumentar, no período de 4 anos, o número de usuários da rede social mais conhecida e utilizada no Japão. Através de campanhas de marketing, incorporação de novos recursos e a abertura para o cadastro de novos usuários (o registro só era permitido para quem fosse convidado), a rede pretende atingir os 30 milhões de participantes, que hoje totalizam “apenas” 17 milhões de pessoas cadastradas.

Lançado em 2004, o Mixi atinge cerca de 15 bilhões de acessos mensais, sendo que a maior parte é feita através de celulares com acesso à internet.

Fonte: Japan Corporate News