Posts Tagged ‘Rio de Janeiro’

Exposição da CLAMP e Junko Mizuno são atrações do Rio Comicon (UPDATE)

15/09/2011

Do Omelete: O Rio Comicon, evento de quadrinhos que será realizado na capital fluminense entre os dias 20 e 23 de outubro terá como atrações Junko Mizuno, autora de Cinderalla (publicado pela Conrad) e uma exposição do grupo CLAMP, responsável pelos mangás Guerreiras Mágicas de Rayearth, Tsubasa Reservoir Chronicles, XXXHolic, X, Card Captor Sakura, Angelic Layer(entre outros publicados publicados no Brasil pela JBC).

O evento deste ano, que será realizado na Estação Leopoldina, no Rio, homenageará o quadrinista italiano Guido Crepax (morto em 2003) e o autor norte-americano Will Eisner (morto em 2005). Terá como outras atrações a presença de autores renomados, como o argentino Liniers, Peter Kuper, Bob Schrek, Chris Claremont, Ulli Lust, Catarina Crepax, Salvador Sanz e  Lewis Trondheim.

Para ficar informado sobre as atrações e programação do Rio Comicon, clique aqui.

PS: O post anterior dava conta de que o grupo CLAMP seria um dos convidados, mas a notícia foi desmentida. Na verdade trata-se apenas de uma exposição dos trabalhos do grupo.

Anúncios

Planos do Japão para os próximos jogos olímpicos

06/08/2010

O Japão estabeleceu suas metas para os próximos jogos olímpicos, tanto para as Olimpíadas de Verão de 2012 em Londres e 2016 no Rio, quanto para a Olimpíada de Inverno de 2014 em Sochi, na Rússia. O Comitê Olímpico Japonês está montando um plano para garantir melhores posições nos quadros de medalhas, que ultimamente estão ficando um pouco escassas.

Para as Olimpíadas de Inverno de 2014 em Sochi, o Japão pretende ficar entre os 10 melhores da competição. Em Vancouver, no começo do ano, os japoneses ficaram em 15º, amealhando 5 medalhas (3 de prata e 2 de bronze), quando o esperado eram 10 medalhas. Para atingir a meta na Rússia, vão ter de conseguir entre 9 e 11 medalhas. Em 2018, os japoneses esperam ficar pelo menos em 8º lugar, e em 2022, em quinto lugar.

Para as Olímpiadas de Verão de 2012 e 2016, respectivamente, os japoneses pretendem terminar em 5º e 3º.

Em 1998, quando Nagano sediou as Olimpíadas de Inverno, o Japão conseguiu ficar em 9º lugar, com 10 medalhas. Na Olimpíada de Inverno seguinte, em Turim, o país conquistou apenas uma medalha, o ouro de Shizuka Arakawa na patinação artística.

Fonte: Breitbart (via Japan Now)

Comitê Olímpico Japonês estabelece metas para Jogos de 2016 no Rio

28/04/2010

Softball e Baseball não fazem mais parte dos próximos jogos olímpicos

Ao concorrer com Rio de Janeiro, Madri e Chicago pelo direito de sediar os jogos olímpicos de verão de 2016, os japoneses estabeleceram para essa edição uma meta: ficar em terceiro lugar no quadro de medalhas de ouro. Contando com a escolha de Tóquio como sede, os planos  aparentemente foram frustrados após a saída da cidade logo na segunda rodada da disputa, que ao final foi encabeçada por Madri e Rio de Janeiro, sendo este último escolhido como a cidade-sede.

Mesmo com a derrota, o Japão decidiu manter sua meta para os jogos no Rio de Janeiro. Nas Olimpíadas de Pequim, em 2008, o país ficou em 8º lugar com 9 ouros, e pretende dobrar esse número em 2012 em Londres, visando ficar entre os 5 melhores na tabela.

Um dos desafios que os japoneses deverão enfrentar será a falta de dois esportes muito praticados no país, o softball e o baseball, que não fazem mais parte da lista dos próximos jogos. O jeito agora é alimentar as esperanças em esportes que os atletas nipônicos possuem muitas chances de conquistar o pódio, como a ginástica artística masculina e a maratona feminina.

Fonte: Japan Times